quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Pureza do coração




Bem-aventurados os limpos de coração, porque verão a Deus.(Mt 5:8)

Há, na Europa, um animalzinho cobiçado pelos caçadores: o arminho. Sua pele tem alto preço.  O pêlo é branco como a neve, e o animal cuida dele todo  o dia. Não encosta-se a lugares sujos, não se põe em ambientes em que a brancura do seu pêlo seja manchada.  Sabendo os caçadores desse zelo, desse cuidado, que é mensagem para todos nós, emporcalham a entrada da toca do bichinho em momentos que lá não esteja. Depois soltam a mantilha na floresta. Vendo-se perseguido, o arminho procura a grota; mas, notando a imundície na porta de sua morada e sentindo que vai macular a pureza de sua pele, prefere morrer. Volta-se e enfrenta os cães. Prefere a morte à impureza.

Que lição para nós.   Vivemos num mundo corrompido; e como cristãos, temos uma grande responsabilidade por sermos cidadãos do Céu. Bem-aventurados os limpos de coração, porque verão a Deus.  Sabemos pelo contexto de Mateus 5, que essa  bem aventurança, bem como todas as outras, foram exclusivamente dirigidas por Jesus aos seus discípulos. Jesus não quer que seus discípulos demonstrem uma pureza meramente externa; Ele requer pureza de coração, um interior puro; Ele requer que nós sejamos destituídos de toda hipocrisia e aparência de santidade exterior e, que vivamos em sinceridade e integridade de vida em nosso relacionamento com Deus e com o próximo. Ele quer que tenhamos pensamentos, desejos e motivos puros e que isso se evidencie com coerência em palavras e atos puros na nossa vida. São exclusivamente estes, eleitos, que se possível dão sua vida para não se contaminar com as impurezas desse mundo. Eles são bem-aventurados, pois um dia verão a Deus em Cristo Jesus. Amém!
Pr Davi Buriti

domingo, 26 de agosto de 2012

O culto e a adoração que agrada a Deus.



Compreendemos que  o culto é para Deus, destinado unicamente para Ele. "Ao Senhor teu Deus adorarás e só a Ele darás culto"(Mt 4:10)
Na bíblia encontramos  o próprio Deus prescrevendo  a maneira como Ele deve ser adorado. Com isso fica claro que qualquer adorador por mais bem intencionado que esteja, vier a elaborar por conta própria uma maneira de cultuar ou adorar a Deus, esse culto será falso e inaceitável. 
Calvino defendia que: o que não estiver recomendado nas escrituras como forma de cultuar a Deus não deve ser praticado.  É isso que ensina as escrituras sagradas: Dt 12:32 “tudo  o que eu ordeno observarás, nada lhe acrescentarás nem diminuirás”.
Mesmo diante dessa declaração bíblica, muitos tem procedido de forma errada  e contrária no que se refere a cultuar ou adorar a Deus. Daí vemos nos dias de hoje  o chamado culto show,  onde  o pastor é um verdadeiro animador de auditório e a platéia se diverte pois  o ambiente passa a ser um verdadeiro palco de animação longe da verdadeira adoração do temor e da reverência.
O culto que agrada a Deus é prestado pelo verdadeiro adorador que adora ao pai em espírito e em verdade. Esse adorador compreende pelo Espírito Santo que nele habita, que o culto e a adoração que prestamos a Deus não pode haver acréscimo ou decréscimo,  pois se isso acontecer   o culto e a adoração  serão corrompidos.
Portanto, compreendendo que  o culto é exclusivamente para Deus,  e que Ele mesmo prescreve como devemos cultuá-lO e adorá-lO, sejamos fieis pois  o que importa é agradar a Deus.  O culto puro e a verdadeira adoração sempre exalta Cristo. Amém

Pr Davi Buriti

domingo, 18 de março de 2012

O Evangelho verdadeiro - Pr Osmar Sanches

Pr Osmar Sanches  - O Evangelho verdadeiro
Mensagem pregada no dia 03/04/2011
Na IPF Parque Novo mundo - Limeira SP 


Extraido do site:  http://www.ipfnovomundo.com.br/serm%C3%B5es.html

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012