sábado, 17 de outubro de 2009

PREPARA-TE PARA ENCONTRARES COM DEUS


PREPARA-TE, Ó ISRAEL, PARA TE ENCONTRARES COM O TEU DEUS Amós 4:12

Amós foi um profeta enviado por Deus a um povo obstinado, que não queria ouvir a Sua voz .

Foi necessário que Deus enviasse sobre eles a seca, a fome, as pragas dos gafanhotos, para eles pararem e caírem em si.

Mas, mesmo assim, a dureza de coração persistia e aquele povo continuava longe de Deus.

Agora, através deste profeta do sul, Deus manda como que um ultimato: - "Prepara-te, ó Israel, para te encontrares com o teu Deus". Esta é a tua última oportunidade.

Ou te arrependes dos teus pecados e dos teus maus caminhos ou virei a ti e tirarei de ti o teu castiçal, para não teres mais oportunidade de brilhar!

Às vezes é preciso chegar a medidas extremas para que vejamos o perigo em que estamos.

Portanto, assim te farei, ó Israel! E, porque isso te farei, prepara-te, ó Israel, para te encontrares com o teu Deus.

Esta passagem pode ser explicada de duas maneiras: como uma frase irônica, ou como uma simples e grave exortação ao arrependimento.

Se a considerarmos ironicamente, o sentido seria: “Venham agora, encontrem-se comigo com toda a obstinação de vocês e com tudo o mais que lhes possa valer.
Acaso conseguirão escapar da minha vingança opondo-se a mim, como têm feito até agora?”.
E, por certo, ao denunciar o juízo final sobre o povo, é como se aqui o profeta quisesse tocar de propósito no âmago deles, quando diz:
“Encontrem-se agora com o seu Deus e preparem-se”, quer dizer, “reúnam todas as energias, forças e auxiliares de vocês; apelem a tudo quanto esses recursos lhes oferecem”.

Mas como no capítulo seguinte o profeta exorta novamente os israelitas ao arrependimento, e põe diante deles a esperança da graça, esse trecho deve ser tomado com outro sentido, como se o profeta dissesse:
“Já que vocês se consideram culpados e parecem admitir que buscam subterfúgios inúteis, sendo totalmente incapazes de deter a mão do juiz de vocês, então procurem, pelo menos, ir ao encontro do seu Deus, antecipando-se à ruína iminente”.

Amados, um dia, o homem quer queira, quer não, terá que comparecer diante de Deus, para prestar contas da sua vida. Que preparação ele tem para esse encontro com Deus?

Perante Deus, ninguém pode prevalecer com seus pecados e com sua alma manchada, por isso, "prepara-te para te encontrares com Deus"!

Em que consistirá essa preparação? Será que são suficientes as nossas boas obras?
Será que temos merecimentos próprios para comparecer diante de Deus, Santo Justo e Verdadeiro?
Lembremo-nos que "todos nós somos, aos Seus olhos, como o imundo e todas as nossas justiças como trapos de imundície " (Isaías 64:6).

A leitura inicial, do nosso texto básico é especifico para um povo, uma nação, a saber, Israel.
Antes o povo de Deus, a nação eleita, era Israel; agora é a igreja, composta também por gentios.

Isso que Paulo quis dizer. O objetivo dele foi mostrar que a salvação engloba os gentios também, pois o povo eleito não é mais especificamente Israel carnal, mas a Israel espiritual, a igreja.

Na bíblia encontramos muitas advertências para que a igreja se prepare para o encontro com o Senhor ( o encontro da noiva com o noivo)

Por exemplo: Mt 25, fala da parábola das dez virgens...

A vigilância recomendada por Jesus nesse texto não significa esperarmos preparados a vinda futura de Jesus,

mas sim percebê-lo já, aqui e agora presente no meio de nós, no compromisso presente com a igreja, com a obra do senhor, com a espiritualidade.

O cristão deve se manter sempre fiel à Palavra de Deus e sensível à influência do Espírito Santo.

Buscar um relacionamento estreito com o Senhor Jesus e perseverar na espera pela sua volta.

Em Lucas 12:16-21 vemos a loucura de um homem que não estava preparado para encontrar-se com Deus
Nessa parábola Jesus fala de um homem que era muito rico, e que por ser tão rico se preocupava apenas em manter a sua riqueza (vs. 18).

Ele fez um projeto de vida que para muitos seria o mais óbvio de se fazer: garantir que sua riqueza não se perdesse (vs. 18) e aproveitar a sua riqueza vivendo uma vida voltada para si mesmo (vs. 19). (essa era sua preparação)

É nesse contexto que Deus lhe diz: “Louco, esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens prepara do para quem será?”

A maior loucura que o homem pode cometer é se preparar para tudo e não se preparar para o encontro com Deus. “ prepara-te, ó Israel, para te encontrares com o teu Deus”.
Um dia nós nos encontraremos com Deus, isso é uma realidade que não podemos negar. Assim como todo atleta que se prepara para uma olimpíada o Cristão deve estar preparado para encontrar-se com Deus.
A questão é: Estamos preparados para esse encontro?
Temos que estar preparados porque mais cedo ou mais tarde esse dia chegará. “Tu, pois, ó SENHOR, Deus dos Exércitos, Deus de Israel, desperta para visitares todas as nações: não tenhas misericórdia de nenhum dos pérfidos que praticam a iniqüidade”.
O preparo para o encontro com Deus requer algumas exigências:

1. Exige Disciplina: Devemos criar uma disciplina para a nossa vida espiritual.

• Disciplina na alimentação – Espiritualmente o nosso alimento é a palavra de Deus. “Porque a minha carne verdadeiramente é comida, e o meu sangue verdadeiramente é bebida”. (JO 6;55) (qual tem sido nosso alimento diário?)

• Disciplina Dos olhos, da boca, dos pés, da mente e do nosso tempo – É necessário dedicarmos um horário para estar com o Senhor.

2. Exige Dedicação: Como um atleta que necessita estar dedicado ao seu treinamento da mesma forma somos nós.
Qualquer que seja a profissão ou tarefa a ser feita por alguém exige sua dedicação completa e total. Se isso faltar então o desenvolvimento do seu trabalho estará comprometido.

3. Exige Esforço: Precisamos fazer um esforço. “Não to mandei eu? Esforça-te, e tem bom ânimo; não te atemorizes, nem te espantes; porque o Senhor teu Deus está contigo, por onde quer que andares”. (Js 1;9)
Portanto amados, Todos nós aguardamos uma herança divina, e não um mundo de prazeres e bênçãos meramente materiais.

Não devemos ser gnósticos e renegar a criação, porém também precisamos cuidar para que nosso coração não esteja neste mundo caído, mas nos novos céus e nova terra.

Mas enquanto estivermos aqui, preparemo-nos assim como uma noiva se prepara para o casamento, anciosa aguardando o noivo com alegria.

A mensagem é “prepara-te ó Israel...” Prepara-te Igreja...


Pr Davi Buriti

2 comentários:

Anônimo disse...

PARABÉNS PASTOR ESTOU ENTRADO PELA PRIMEIRA VEZ EM SEU BLOG E AMEI OS SEU ESTUDOS SÃO MARAVILHOSO,SE TIVESSE HOMENS COMO O SENHOR COMPROMETIDO COM A PALAVRA TENHO CERTEZA QUE TERIAMOS UMA IGREJA COM MAIS CREDIBILIDADE

Presb. Fabio Scofield disse...

Olá Pr. Davi, a graça e apaz do nosso Senhor Jesus Cristo, esteja sobre a sua vida, sua familia e seu ministério abundantimente.........

Quero parabenisa-lo pelo seu trabalho,evangelístico e doutrinario, continui assim.
Para encoraja-lo deixo-lhe esta palavra: "Conjuro-te, pois, diante de Deus, e do Senhor Jesus Cristo,que há de julgar os vivos e os mortos, na sua vinda e no seu reino.
Que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina.
Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas própias concupiscências.
E desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas.
Mas tu, sê sóbrio em tudo,sofre as aflições, faze a obra de um evangelista, cumpre o teu ministério. (IITm-4:1-5)

Deus te abençoe.........